Sermão 08/03/2015 - TEMA: A Vitória da Cruz!

Tema: A Vitória da Cruz – Tetelestai
João 19:28-30

A última palavra que Jesus expressa antes de expirar na cruz do calvário é “está consumado”. Seria uma expressão qualquer se não fosse o seu profundo significado. Essa expressão “está consumado” vem do grego tetelestai que além da tradução corrente, pode significar “totalmente pago” ou “dívida paga”. Pode também significar cumprido, encerrado, selado.
No século I, uma pessoa que cometia crimes tinha seus delitos marcados num papiro como uma promissória, uma cédula de dívida. Ao cumprir o último dia da sua pena, era dada baixa, sua cédula era riscada e no rodapé se selava tetelestai, isto é, está pago. Quando um escravo era livre, recebia uma carta declarando sua liberdade tendo escrito tetelestai. Portanto, quando Jesus diz na cruz, como sua última expressão tetelestai, ele está consumando a vitória.
A vitória da cruz cumpriu os propósitos de Deus, cancelou toda dívida, pagou nossos pecados e destruiu o poder de Satanás. Seu efeito foi pleno, completo e eterno. Não há brechas ou sombra de dúvidas quanto à vitória de Cristo na cruz. Portanto, hoje eu sou o que a Bíblia diz que eu sou e tenho o que a Bíblia diz que eu tenho.
A vitória da cruz é a vitória de todo crente lavado e remido pelo sangue do Cordeiro e que está firmado em Cristo, em um relacionamento íntimo e pessoal com Ele. Hoje veremos pelo menos quatro aplicações dessa vitória da cruz na sua vida e na vida da igreja de Jesus Cristo.

1.A vitória da cruz é a consumação das Sagradas Escrituras (João 19:36)
Há mais de 300 profecias no Antigo Testamento que desempenha o papel de revelar o propósito de Deus para a humanidade através do Messias.
Jesus é o Messias revelado em toda a Sagrada Escritura (Antigo Testamento) e com a sua vinda Ele as cumpre todas. O apóstolo João, ao fazer registro dos últimos momentos de Jesus, além de citações indiretas, fará pelo menos três diretas com a expressão “para se cumprir a Escritura”. Veja (João 19:24 – Salmo 22:18); (João 19:28 – Salmo 69:21); (João 19:36 – Exodo 12:46 e Salmo 34:20); (João 19:20 – Zacarias 12:10)
Em termos práticos atestamos a veracidade das Sagradas Escrituras. Está escrito em Números 23:19 “Deus não é homem para que minta; nem filho, para que se arrependa. Porventura, tendo ele prometido, não o fará? Ou, tendo falado, não o cumprirá?” Jesus declarou às Escrituras tetelestai.
Pergunta 1: Você é o que a Bíblia diz que você é  você tem o que a Bíblia diz que você tem. Você tem certeza da sua salvação? Por quê? Você crê e vive pela Palavra de Deus?

2.A vitória da cruz é a consumação da derrota de Satanás (Mateus 12:28)
Muita gente nas igrejas tem má compreensão da atuação do diabo na vida do crente e na vida da igreja. Pessoas com medo de expulsar demônios, com medo de retaliações, e por isso, se esquecendo de que são parceiros com Deus em Sua obra e que nada farão sem Ele, demonstrando através desse medo uma presunção de que, se eles fizerem a obra sofrerão as ações do diabo como se não dependessem de Deus, enfim, as pessoas conferem ao diabo mais poder o eu lhe é de fato. Não podemos subestimá-lo, mas Jesus já amarrou o valente e a igreja de Cristo prevalece! Há também muita gente que acredita no falso fato de que Jesus na cruz foi é a vitória de Satanás. Essa é outra bobagem. Jesus se entregou conforme relatado em João 10:17-18. Ele tem autoridade para entregar a Sua própria vida e reavê-la.
Em termos práticos, Jesus tem toda a autoridade sobre céu e terra (Mateus 28:18). Anjos, demônios, principados e potestades foram subjugados por Ele. “Ele despojou principados e potestades, os expôs publicamente ao desprezo, triunfando deles na cruz (Colossenses 2:15). Ele se manifestou, Jesus o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo (I João 3:8). A cruz de Cristo marcou a derrota do diabo e suas pretensões. Você e eu fomos assentados com Cristo nas regiões celestiais (Efésios 1:21-23), Ele o Cabeça e nós, a igreja, o Seu corpo e avançamos no Seu Poder. Por isso, as portas do inferno não prevalecerão sobre a igreja (Mateus 16:18) e ela avança vitoriosa contra o poder das trevas em unidade. Jesus declarou tetelestai contra as ações do diabo.
Pergunta 2: Um crente fiel a Deus deve ter medo de expulsar demônios ou de fazer a obra de Deus? Como essa palavra lhe faz encarar daqui para frente as ações do diabo?

3.A vitória da cruz é a consumação da derrota da morte (João 20:15-17)
Essa palavra é maravilhosa! Você poderá ir ao meu sepultamento. Convido-o para ir ao meu sepultamento. Não precisamos temer a morte! O cristão verdadeiro não teme a morte! Pois, a pior morte que a humanidade pode ter é a eterna. Entretanto, quando chegou a minha e a sua vez na morte eterna, Ele morreu a nossa morte. Jesus morreu na sua vez. “Se, pela ofensa de um e por meio de um só, reinou a morte, muito mais os que recebem a abundância da graça e o dom da justiça reinarão em vida por meio de um só, a saber, Jesus Cristo” (Romanos 5:17). Na cruz Jesus venceu o poder da morte. Ele era um homem sem pecado, mas o salário do pecado é a morte. Ele assume os nossos pecados, mas como Ele era um homem sem pecado, a morte não pode detê-lo. Lembra do Aslam do “Crônicas de Nárnia”? Ele se oferece em sacrifício, mas a lei da morte não tem efeito sobre ele. Por isso, Jesus pode nos dar vida eterna! Vejamos I Corintios 15:50-57. Por intermédio de Jesus Cristo temos a vitória. Eu não vou morrer. Eu vou passar dessa vida para a vida. Jesus declarou tetelestai sobre o poder da morte pagando a nossa dívida e anulando o poder do pecado e da morte sobre nós.
Pergunta 3: você tem medo de morrer? Como esta Palavra pode lhe trazer encorajamento e consolo? Você crê e recebe essa vitória da cruz sobre a sua vida?

4.A vitória da cruz é a consumação do nosso acesso à Presença do Pai (Mateus 27:51)
Aleluia! O véu do templo de rasgou. Você sabe o que isso significa? Significa que não há mais um limite entre o Santo dos Santos e o Lugar Santo.  Em Êxodo 26:33, descreve que o véu faria a separação entre o Lugar Santo e o Santo dos Santos, ou seja, nem todos teriam acesso à presença de Deus, à Arca de Deus, apenas o sumo sacerdote entrava no Santo dos Santos e isso uma vez por ano (Hebreus 9:7). Entretanto, com a vitória da cruz, Pedro escreverá:”Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus...” (I Pedro 2:9). Pelo sangue de Jesus temos acesso ao Santo dos Santos (Veja Hebreus 10:19-22).
Em termos práticos, você entra na presença de Deus por causa de Jesus. Deus está à distância de uma oração de um coração contrito e quebrantado. Hoje mesmo você pode ser cheio do Espírito Santo, pois, você também é esse tabernáculo onde o Espírito Santo faz morada. O convite é para estar com Ele todo o tempo e cheio Dele. Porém, os conflitos não resolvidos e as feridas ou fortalezas eu tomam conta de partes da nossa alma nos rouba essa autoridade e convicção. Mas, hoje Deus quer que você experimente a vitória da cruz! Deixe de confiar em si mesmo, creia que em suas crises e lutas Ele está trabalhando para forjar você e seja cheio da Presença de Deus. Jesus declarou tetelestai dando a mim e a você por meio do Seu sangue o acesso à Presença do Pai.
Pergunta 4: Você tem desfrutado de forma abundante da Presença de Deus em seu lar, trabalho, ministério, enfim, você está pleno de Deus? O que lhe impede de viver essa plenitude ou o que você pode fazer para ampliar essa plenitude?

Rodrigo Rodrigues Lima
Pastor


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Dois Fundamentos - Mateus 7:24-27

Mensagem da Semana - Moisés, Arão, Hur e Josué