Mensagem da Semana: "Uma família cheia de AMOR"

Uma família cheia de AMOR (I Coríntios 13)

Reflexão baseada no livro “As 5 Linguagens do Amor”


Em tempos como os nossos de muito estresse e muita correria, nada melhor do que terminar o dia e voltar para o nosso lar. O lar é um lugar de refúgio, de descanso, de alegria e paz! Pelo menos em tese. Mas, e se o nosso lar não nos tem proporcionado esses momentos? Talvez seja o momento de refletirmos sobre aquilo que sustenta os relacionamentos mais profundos e sinceros: O AMOR.

Imagine dentro de você e de sua(seu) esposa(o), filho(a) um tanque. Este tanque possui um medidor que determinará se ele está cheio ou vazio, adivinhe, de AMOR.

Cada pessoa tem sua maneira de comunicar e receber o amor (assim sendo, percebemos que o amor é muito mais do que sentimentos, mas uma troca de atitudes). Vejamos o que pode encher o tanque do amor de seu cônjuge ou filho:

1) Tempo de qualidade:

Para muitos, o tanque fica cheio quando lhe é dedicado um tempo de qualidade. Este é demonstrado quando você separa um momento integral do seu tempo para o seu ente querido. Para estar integral para alguém, faz-se necessário abrir mão de outras coisas. Pergunte aos seus entes queridos se você tem oferecido a eles um tempo de qualidade nos diálogos, nos passeios, no lar...etc. Talvez a televisão ou o computador esteja atrapalhando!

2) Palavras de Afirmação:

Para outros, o tanque do amor fica cheio e transbordando quando se sente estimulado com palavras de afirmação: Por ex: “Você é lindo(a)”! “Você consegue”! “Não fique triste, você é capaz”! Reflita: Quais palavras você tem utilizado para motivar ou desmotivar seu ente querido? Pergunte a ele também!

3) Presentes:

Esta é fácil! Quem não gosta de receber presentes? Porém, não é o suficiente e devemos tomar cuidado para não querer através desta demonstração de amor tentar suprir no ente querido, a nossa falta de tempo e incentivo que eles precisam, especialmente para com os filhos. Presenteie-o fora das datas comemorativas! Aproveite!!! O resultado é mais que bom, mas, lembre-se, um presente nunca substituirá a sua presença.

4) Atos de serviço

Este talvez para muitos seja o mais difícil: ATOS DE SERVIÇO, isto é, ajudar o cônjuge lavando uma louça, levando o filho(a) à escola, levando café da manhã na cama e até mesmo auxiliando o(a) filho(a) a estudar para uma prova ou a fazer uma lição de casa. Quais atos de serviço você tem utilizado para encher o tanque do amor de seu cônjuge e filho(a)?

5) Toque físico

Por fim, a última linguagem por meio da qual comunicamos ou recebemos amor é o toque físico. Toque físico é muito mais do que relação sexual. Toque físico são carícias no seu cônjuge, um abraço inesperado, um beijo inesperado, andar de mãos dadas! Comunicamos essa linguagem aos nossos filhos abraçando-os, beijando-os etc.

Meu irmão encha o tanque do amor de sua família a começar de hoje! Comunique seu amor! Encha seu lar de amor! Se você se sente desestimulado(a) por algum motivo, ore a Deus! O amor que precisamos para dar vem DELE! Comece de você! Sugestão de leitura: “As Cinco Linguagens do Amor” Gary Chapman

No amor de Cristo,

Pr. Rodrigo


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Dois Fundamentos - Mateus 7:24-27

Sermão 08/03/2015 - TEMA: A Vitória da Cruz!

Mensagem da Semana - Moisés, Arão, Hur e Josué