Minha Casa - Uma Casa de Milagres

Minha Casa – Uma Casa de Milagres
Marcos 1:29:34

Observamos nesse relato de Marcos aos seus leitores em Roma um Jesus em movimento que sai da grande celebração na Sinagoga em direção a casa de seus primeiros discípulos em Cafarnaum. É importante destacar, como foi dito na semana passada, que a proposta de Marcos é que seus leitores observassem as ações de Jesus, as prioridades de Jesus, os ensinamentos de Jesus para que eles realizassem de igual forma, além, de destacar a divindade de Jesus provando que com tais ações Ele era o Filho de Deus e Salvador. Nessa direção tomamos conhecimento de alguns fatos importantes e reveladores que nessa passagem tais como a autoridade de Jesus sobre às enfermidades e a prioridade Dele em estar nas casas. A palavra “casa” fazendo menção a uma habitação ocorre pelo menos 17 vezes no Evangelho de Marcos onde Jesus cura, ensina, discípula, evangeliza e conduz as pessoas à adoração. Jesus tinha um ministério muito forte nas casas e os principais eventos relacionados à vida de Jesus ocorrem em casas como, por exemplo, a última ceia (Marcos 14:15) e sua aparição aos discípulos e a ordem de evangelização a todos os povos (Marcos 16:14). Assim Marcos ensina aos seus leitores que Jesus priorizava as casas.
Jesus sempre realizou milagres nas casas. Podemos citar, além da casa de Pedro, a casa onde foi curado o paralítico de Cafarnaum (Marcos 2:1-12) e a restauração da vida da filha de Jairo que estava morta em casa (Marcos 5:35-43).
Com isso, posso afirmar seguramente meu irmão e minha irmã que Jesus deseja fazer da nossa casa, uma casa de milagres. Ele deseja fazer isso hoje e através das células que implantaremos. Aqueles que abrirem as portas das suas casas para receberem uma célula terão o privilégio de estender a benção de Deus a outras vidas e fazer com que sua casa, que já é uma casa de milagres, seja para outros que precisam de Jesus.
Quais são as características de uma casa de milagres? Como posso vivenciar os milagres na minha família e estender a outros?

1.A casa de milagres é a casa de um discípulo ou potencial discípulo de Jesus (v.29)
Jesus vai à casa dos seus discípulos os irmãos Simão (Pedro) e André. O discípulo de Jesus, que caminha com Ele. A presença de Deus se manifesta na vida dos seus filhos. E em todas as casas onde Jesus entrou que não tinha um discípulo seu, lá Ele chamou alguém para segui-lo.
Reflexão: A minha casa é um lugar onde Jesus tem prazer em me acompanhar? Eu mesmo tenho levado Jesus à minha casa como seu discípulo?

2.A casa de milagres é a casa onde há um ambiente para apresentar problemas a Jesus (v.30-31)
a.Primeiro: Observamos que o fato de seguirmos a Jesus, a nossa casa não está isenta de problemas. A sogra de Pedro estava enferma.
b.Segundo: Observamos que é necessário que os problemas sejam apresentados a Jesus. A casa de milagres proporciona um ambiente de confissão, de petições, de abrir o coração.
c.Terceiro: Observamos que um membro da família doente faz toda família sofrer. A sogra de Pedro estava impossibilitada a servir sua família.
d. Quarto: os problemas de família são diversos: financeiros; enfermidades; relacionamentos mal resolvidos; pessoas frias na fé, problemas de vícios, enfim, uma infinidade de situações que levam as famílias a sofrer e não ser plena. Há muitas crianças crescendo em um ambiente de famílias disfuncionais.
e. Quinto: Temos um caminho: Jesus Cristo. Jesus vai ao encontro da necessidade (v.31)
Reflexão: O que tenho feito diante dos meus problemas familiares? Eu e minha família temos sofrido por alguém? Tenho apresentado a Jesus as pessoas enfermas da minha família? A quem tenho recorrido diante dos problemas da minha família? Vejo Jesus agindo em minha família e tenho confiado Nele sem perder o sono ou a minha paz?

3.A casa de milagres é a casa onde outros doentes são atraídos e curados (v.32-34)
No verso 32 diz: “trouxeram a Jesus todos os enfermos e endemoninhados”. No verso 33 diz que toda a cidade estava à porta (da casa da sogra de Pedro) e no verso e no verso 34 diz que “ele curou muitos doentes”. 
a.Primeiro: O nosso desafio como discípulos de Jesus é trazer os enfermos e endemoninhados para serem libertos por Jesus. Podemos fazer da nossa casa uma casa de milagres experimentando a cura e atraindo outros para Jesus;
b.Segundo: O nosso desafio é fazer da nossa casa um referencial para uma cidade que está cheia de doentes e endemoninhados. As pessoas precisam ver esse Jesus em nossa casa. Nossos vizinhos, nossos amigos, nossos parentes. Jesus quer restaurar a nossa família e a família dos que estão à nossa volta. Através das células poderemos promover um verdadeiro ambiente de cura no bairro Jesus plantou cada um de nós e promover cura aos nossos amigos e familiares.
Reflexão: Quem são as pessoas que estão à minha volta que precisam ter uma experiência de cura em suas vidas tendo um encontro libertador com Jesus? Tenho sido referência para essas pessoas e oferecido a elas um testemunho transformador de Jesus e até mesmo atraído algumas delas a este poder maravilhoso de Jesus? Como discípulo(a) de Jesus estou disposto(a) a ser seu instrumento para que outros venham a ser curados?

Conclusão
A minha casa é uma casa de milagres. Talvez alguns de nós ainda estamos nesse processo de cura. Alguns estão entregando os pontos, mas hoje aprendemos que como discípulos de Jesus o primeiro passo a levá-lo conosco ao nosso lar, apresentar a Ele tudo o que precisa de restauração e ter o privilégio de fazer da minha casa uma casa de milagre para outros através da presença, do poder e dos propósitos de Jesus em minha vida e na minha casa.

No amor de Cristo,

Rodrigo Rodrigues Lima

Pastor

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Dois Fundamentos - Mateus 7:24-27

Sermão 08/03/2015 - TEMA: A Vitória da Cruz!

Mensagem da Semana - Moisés, Arão, Hur e Josué