Sermão 26/04/2015 - TEMA: Vida de Intimidade - Salmo 25:14

TEMA: Vida de Intimidade
 Salmo 25.14
“A intimidade do SENHOR é para os que o temem, aos quais ele dará a conhecer a sua aliança.”

Introdução

Não é fácil viver uma vida marcada pela intimidade com Deus, consigo mesmo e nos relacionamentos.  A sociedade é marcada pela superficialidade, competição, individualismo etc.
Por isso, é mais "fácil" viver virtualidade a superficialidade.
Qual é o sentido da palavra íntimo (intimidade)? Os dicionários definem: que está na parte mais interior; profundo, intrínseco; cordial; lugar mais profundo da alma: amigo predileto.

Como Jesus viveu a vida de intimidade?

O ministério de Jesus foi marcado pela intimidade com Deus e desembocando em todas as áreas da vida. Jesus disse: "a minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra" (João 4.34).

Vejamos agora exemplos vividos de intimidade de Jesus no seu ministério.

1.Jesus viveu uma vida de intimidade centrada na Palavra.

*Lucas 4:3-4 (experiência do deserto: lugar de intimidade) diz “Disse-lhe, então, o diabo: Se és o Filho de Deus, manda que esta pedra se transforme em pão. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem”.
*João 17:14,17 e 20 (A Oração Sacerdotal de Jesus) Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou. (v.14) Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. (v.17) Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra; (v.20)”

2.Jesus vida  de intimidade por meio de uma vida de oração.

A vida de Jesus foi uma vida de oração. A Palavra nos conduz a oração: porque, pela palavra de Deus e pela oração, é santificado. ( 1 Timóteo 4:5). A oração do Pai Nosso ensinada por Jesus representa uma plataforma de vida (Mateus 6.9-15).

3.Jesus viveu uma vida de intimidade por meio da dor

Os evangelhos apresentam Jesus sensível à dor humana e às rachaduras da sociedade. Jesus, porém, arrancou do íntimo do seu espírito um gemido e disse: Por que pede esta geração um sinal? Em verdade vos digo que a esta geração não se lhe dará sinal algum. (Marcos 8.12).
Jesus viveu a sua própria dor (Mateus 26.36s).

4.Jesus viveu uma vida de intimidade por meio do serviço.

Toda a prática de Jesus foi serviçal e comprometida com os ideais do Reino de Deus.
O exemplo do lava pés – “Depois de lhes ter lavado os pés, tomou as vestes e, voltando à mesa, perguntou-lhes: Compreendeis o que vos fiz? Vós me chamais o Mestre e o Senhor e dizeis bem; porque eu o sou. Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.” (João 13.12-15).  Esse ensino muda os nossos paradigmas e oferece um conceito diferenciado de autoridade.

Para você refletir:

1.       Como você experimenta a vida de intimidade? É fácil ser íntimo? Quais as dificuldades?
2.       O discipulado cristão envolve uma vida de intimidade, à luz do ensino de Jesus. Como vivenciar na caminhada o vigor da intimidade da Palavra, da Oração, da Dor e do Serviço?

Adriel de Souza Maia
Bispo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Dois Fundamentos - Mateus 7:24-27

Sermão 08/03/2015 - TEMA: A Vitória da Cruz!

Mensagem da Semana - Moisés, Arão, Hur e Josué