Sermão 17/05/2015 - Josué - Aprovado por Deus; Guiado pelo Espírito de Deus - Josué 1:9

TEMA: Josué – Aprovado por Deus; guiado pelo Espírito de Deus!
Josué 1:9

Amados irmãos e irmãs, graça e paz!

Estamos numa série desde o início de abril sobre o Espírito Santo e a Vida no Espírito. Deus tem nos falado de maneira poderosa em todos esses dias. Deus quer uma igreja aprovada por Ele e guiada por Seu Espírito. Vamos estar atentos ao que o Espírito Santo deseja tratar com a nossa vida e nos transformar.
Quando olho para vida de Josué vejo lições preciosas da vida um homem que foi aprovado por Deus e guiado por Seu Espírito. Essa reflexão uma grande oportunidade para analisarmos se nossa vida está sendo guiada pelo Espírito Santo, em termos práticos.
Vivemos uma época em ser “usado por Deus” tem sido status para muita gente. Todo mundo quer ser usado por Deus e deseja ter uma vida com sentido que exalte e glorifique a Deus. Deus usa a quem Ele quer! Ele usa o ímpio para abençoar o justo (Provérbios 21:18). Deus usou uma mula para falar com Balaão (Números 22:30). Deus criou todas as coisas e Ele pede usar tudo o que criou para Seu propósito. A grande questão é ser aprovado por Deus! Enquanto o ser usado por Deus tem a ver com ações, o ser aprovado por Deus tem a ver com caráter, tem a ver com o coração. Uma pessoa aprovada por Deus e guiada por Deus tem o caráter que agrada a Deus.
Josué foi esse homem de caráter e fé. Ele foi um homem aprovado por Deus e guiado por Seu Espírito para um grande propósito. Veremos aqui alguns aspectos desse homem de Deus aprovado e guiado por Ele:

1.Disposição para Deus (Josué 1:2;7;8)
a. Disposição para ouvir a necessidade e a Deus (v.2)
O grande líder Moisés morreu. Quem vai ser o sucessor desse grande homem de Deus que foi fiel a Deus? Essa é uma pergunta muito difícil e a resposta também. Humanamente falando, quem teria condições de ser o sucessor de Moisés? No RH de Deus, no processo seletivo divino o que pesa é o caráter do homem de Deus. Há pelo menos dois episódios que me chama a atenção na vida de Josué. I. Josué e os espias. Ao lermos a história veremos que ele dá um relatório de fé, de um homem que confia na Palavra de Deus (Números 14:6-9). II. Josué na frente da batalha. Ele era obediente a Moisés e estava sempre na batalha (Josué 17:10). Observamos que a pessoa que é chamada e aprovada por Deus que será guiada pelo Seu Espírito é uma pessoa de fé, corajosa, submissa porque ama a Deus. Josué não é Moisés, e Deus não usará alguém que seja igual a Moisés, mas Deus usará alguém que tem um coração disposto para com Ele. Ele poderia colocar alguns obstáculos: a) Não sou capaz; b) O povo é difícil; c) Moisés foi um grande líder e não conseguirei ser como ele; d) Não sou mais jovem. Igreja, quem define o valor do chamado é aquele que chama. Muita gente tem vivido na igreja sem propósito porque não tem disposição para Deus e coloca vários obstáculos. Pessoas guiadas pelo Espírito de Deus ouvem a necessidade e se dispõem para Deus.
b. Disposição para viver e falar a Palavra de Deus (v.7-8)
A disposição de Josué ia muito além da tarefa. Era uma disposição para viver a Palavra de Deus. Josué só poderia ser guiado pelo Espírito de Deus se colocasse em prática a Palavra de Deus. Veja que antes de falar é necessário praticar. Primeiramente Deus diz: “cuidado de fazer segundo toda a Lei”(v.7) e depois: “não cesses de falar deste Livro”(v.8). Igreja, a autoridade espiritual que, é fruto da aprovação de Deus e produz uma vida guiada pelo Espírito, é consequência dessas duas ações. Eu vivo e falo, eu vivo e falo, eu vivo e falo! Autoridade é a Palavra de Deus com vida. A Palavra de Deus com vida é vida na Palavra. Poder e autoridade vêm na vida do crente guiado pela Palavra. A Palavra é Espírito e vida (João 6:63b).

2.Guiado pela Presença de Deus (Josué 3:3-5;17)
a.A Presença de Deus dá direção (v.3)
Josué orienta ao povo que deveriam manter uma distância de 900 metros da Arca da Aliança porque a essa distância a veriam e saberiam o caminho a seguir. Portanto, a Arca dá direção. A Arca da Aliança representa a Presença de Deus. Ela é uma tipificação de Jesus. Ela era feita de madeira acácia e banhada com ouro. A madeira representa o corpo de Jesus e o ouro a Sua divindade. Igreja, Jesus é Aquele que nos dá a direção por meio do Seu Espírito. Precisamos olhar para Ele (Hebreus 12:2). Quem olha para Jesus tem direção para a salvação, para a adoração, para a glória de Deus. Isso é ter uma vida guiada por Deus. Não podemos dar passos na nossa vida sem a certeza de que estamos guiados pela presença de Deus.
b.A Presença de Deus pede santidade (v.5)
Santidade é inerente à Presença de Deus. a) A santidade é uma atitude de consagração. Josué diz para o povo que eles deveriam se santificar, se separar para um propósito. Um povo santo é um povo que tem propósito na vida. Não viver uma vida de santidade significa que está faltando propósito e direção e Deus. b) A santidade sinaliza grandes maravilhas de Deus no meio do povo. Josué diz para o povo se santificar porque Deus fará maravilhas no meio deles. Deus habita no meio de um povo consagrado e esse povo experimenta as suas maravilhas. Você quer ver Deus fazer maravilhas em nosso meio?

c.A Presença de Deus abre caminhos (v.17)
Quando Josué ouve o chamado de Deus, ele entende o propósito da sua vida. Ele não dará um passo sequer sem a Presença de Deus. Seguir a direção de Deus significa: a) Poderemos encontrar obstáculos no caminho. O Jordão era o desafio deles há anos. Mas, o homem e a mulher guiados pelo Espírito de Deus não ficarão paralisadas. Eles têm a Presença de Deus com eles e essa mesma presença abre caminhos.

3.Marca a sua geração com a aliança de Deus e à aprovação de Deus (Josué 5:5-9)
Josué estava com os remanescentes, uma geração nascida no deserto. Esses eram os filhos dos pais rebeldes que sofreram no deserto e morreram no deserto. Esses pais sequer fizeram a marca da aliança que Deus determinou a Abraão e seus descendentes, tamanha à rebeldia daquele povo. Eles deixam um legado de sofrimento para seus filhos e de reprovação divina. Vejamos Gênesis 17:9-14. Deus institui essa aliança como perpétua (v.13). Isso é tão sério que Deus tenta matar Moisés por causa disso. Vejamos agora Êxodo 4:24-26. Veja que o Senhor só deixa Moisés quando seus filhos são circuncidados. No verso 9 diz que após a circuncisão, Deus remove o opróbrio deles. Opróbrio significa condição de vergonha e desgraça como sinal de reprovação divina. Após a circuncisão, a pedra que rolava sobre eles os esmagando, foi removida.
a)Uma pessoa guiada pelo Espírito de Deus não se conforma com o opróbrio na vida das pessoas. O pecado coloca as pessoas em opróbrio. Ser guiado pelo Espírito de Deus é proclamar a mensagem da Nova Aliança. A circuncisão de coração. (Romanos 2:29)
b)Uma pessoa guiada pelo Espírito de Deus influencia sua geração. Josué marcou uma geração. Temos a nossa geração de filhos, de jovens, de adolescentes, enfim. Igreja, somos chamados a marcar a nossa geração com a Aliança de Cristo. Isso é uma evidência da aprovação de Deus e de ser guiado pelo Espírito de Deus.

Rodrigo Rodrigues Lima
Pastor

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Dois Fundamentos - Mateus 7:24-27

Sermão 08/03/2015 - TEMA: A Vitória da Cruz!

Mensagem da Semana - Moisés, Arão, Hur e Josué