Sermão 31/05/2015 - Espírito Santo o Penhor! Nossa garantia. Mateus 25:1-13

TEMA: Espírito Santo o penhor! Nossa garantia.
Mateus 25:1-13
                                                                                              
Por esses dias o Senhor nos conduziu a uma reflexão sobre o derramamento do Espírito, e que Ele traz vitalidade à vida da igreja!
Paulo aos Efésios 1:13,14 vai dizer que “Nele (Jesus) também vós, tendo ouvido a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação e nela tendo crido, fostes selados pelo Espírito da promessa, o Espírito Santo, que é o penhor da nossa herança, para redenção  do povo que ele adquiriu para o seu louvor e glória”. O que vem a ser esse penhor? Um dos significados é “o que se dá como garantia de que certa coisa se realizará em seu devido tempo”.
Nós, a igreja, somos a noiva de Cristo e o Espírito Santo é a garantia que Ele virá encontrar sua amada, entretanto o próprio Jesus em uma de suas parábolas traz um alerta à sua noiva!
Jesus então nos propõe a parábola das dez virgens! (Mateus 25:1-13)
Se a igreja, que sou eu e você, já entramos no Reino, pois Jesus veio inaugurar o reino, quando disse “Venha o teu reino e seja feita a tua vontade” em Mateus 6:10,  quando nos ensina a orar, observemos então a parábola.

(v.1b) “tomando suas lâmpadas, saíram ao encontro do noivo”.
1.Pelo Espírito da promessa saia do lugar que você está!
Pegue a sua lamparina que é o seu coração com o penhor que é o Espírito Santo e vá ao encontro Dele, na palavra, na oração; O procure; anele por Ele; deseje a presença Dele! Infelizmente muitos hoje têm procurado e se apegado ao Espirito para coisas que não é o noivo, ao contrário estão correndo pra longe do noivo!

(vs.2,3,4)  cinco eram sensatas e cinco prudentes...
2.Pelo Espírito da promessa leve azeite consigo!
Não faça como as insensatas como já foi pregado pelo Pr. Rodrigo, pois, elas foram presunçosas! Acharam que o noivo já ia chegar e não vigiaram. Sabe, muitas vezes vemos pessoas sofrerem consequências irreparáveis por viver uma vida que tudo o que é confrontado diz: “Não têm nada de mais; não tem nada haver!” A lamparina está ficando vazia e temos achado normal? Não irmãos! Façamos como as prudentes e levemos azeite de sobra. Oração e palavra nunca são demais. Entreguemos ao Espírito que habita em nós a “Chave”, conforme menciona em seu livro “Espiritualidade Bíblica” Paul Stevens – “quando pedimos a Ele para nos encher, oferecemo-lhe um molho de chaves que abrem todos os cômodos da casa. A casa somos nós. É como uma caneta com tinteiro, e muitas vezes estamos tão cegos que não percebemos que estamos sem tinta”. Encha sua lamparina hoje!

(v.5) todas elas acabaram dormindo!
3.Pelo Espírito da promessa não durma!
É bom observar que todas dormiram. Muitos de nós, mesmo preparados, passamos por momentos que dormimos. Parece que em um degrau de prioridades de nossas vidas cansamos de esperar e invertemos as prioridades e aí Deus nos confronta e logo caímos em si e continuamos opa! Benção! Somos renovados para continuar a caminhada, por outro lado, outros tantos entram em um sono profundo. Parece até que o que acontece nesse sono se torna realidade, e o que é real passa a ser mera religiosidade! Mas te digo – desperta desse sono! Sabe por quê?

Porque no versículo 6, à meia noite ouviu-se um grito: “O noivo vem aí! Saí ao seu encontro!”
Ele virá! O Noivo virá buscar a sua noiva! Você pode estar dizendo: “eu tenho guardado meu coração Senhor. Eu tenho apreciado a tua lei e meditado nela!” Então continue. Essa palavra é para você! Mas você talvez esteja dizendo: “eu não tenho guardado, minha lamparina pode até está seca sem azeite sem palavra, sem oração.” Então essa palavra também é para você! Alguém está dizendo: “O noivo vem aí! O noivo vem aí!” Muitos perguntam: “Quem garante? Quem garante?” É O Espírito que foi derramado sobre a Sua Igreja, Ele garante!

Adriano Santos
Candidato ao Ministério

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Dois Fundamentos - Mateus 7:24-27

Sermão 08/03/2015 - TEMA: A Vitória da Cruz!

Mensagem da Semana - Moisés, Arão, Hur e Josué