Por que células?

Por que Células?

Em nossa igreja, as células não são apenas uma estratégia que escolhemos, dentre muitas disponíveis. Elas fazem parte de uma visão de como a igreja deveria ser.
Nosso objetivo não é simplesmente levar a nossa igreja a crescer numericamente. Nós desejamos, de fato, trabalhar na edificação da Igreja como a noiva de Cristo.
Não estamos transicionando a igreja para células por modismo, mas por convicções claras e firmes. Vejamos algumas razões porque estamos transicionando para uma igreja em células:

1.A igreja deve crescer e se multiplicar. As células se juntam para formar o Corpo de Cristo. O Bispo Ildo, em uma de suas mensagens disse: “Sede fecundos [...] Ide, portanto, fazei discípulos. Vinde a mim e vou fazer de vocês pescadores de homens. Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Pregar, Pregar! Pescar; fazer discípulos! São todos sinônimos aqui. Pregue a Palavra; faça discípulos. Multiplique-se. Você recebeu o dom de Deus, o dom da vida; você recebeu essa promessa. Você precisa cumprir a sua vocação!” Multiplicamos gerando filhos espirituais e a célula é o melhor ambiente para gerar e cuidar.

2.A igreja deve ser uma comunidade terapêutica e transformadora. Essa é a vocação da igreja. Ser um lugar onde há vida, libertação, cura e aconchego. As células são nossa estratégia.

3.A igreja deve ser uma comunidade de crentes que cresce ouvindo e falando. Na celebração de domingo falar é praticamente impossível. Uma dieta espiritual equilibrada envolve o ouvir e o falar. Para crescermos precisamos compartilhar o que ouvimos. Na celebração de domingo ouvimos para receber fé (Romanos 10:17) e, nas reuniões da célula, falamos para crescer em fé.

4.A igreja deve ser um corpo (Efésios 4:15-16; I Coríntios 12:12-27). A igreja como organismo deve ter membros bem vinculados, com funções, ministério e com chamado no coração. O organismo é algo vivo. O padrão bíblico está descrito em I Coríntios 14:26: “Que fazer irmãos? Quando vos reunis, um tem salmo, outro doutrina, este traz revelação aquele outro língua, e ainda outro interpretação. Tudo seja feito para edificação.” A reunião das células proporciona esse organismo vivo.

5.A igreja precisa ser uma grande família. As pessoas estão carentes de amor e aceitação. A igreja deve ser a resposta de Deus para essa sociedade carente. A igreja deve ser um lar, um lugar de aceitação, acolhimento e aconchego. Por isso, cremos que a igreja em células proporciona efetivamente esse cuidado.


6.A igreja deve fazer discípulos e não há maneira melhor. O plano de Deus para formar discípulos maduros envolve colocá-los dentro de um contexto de grupos pequenos, ou seja, células. John Stott dirá que são indispensáveis para o nosso crescimento rumo à maturidade espiritual. Além do que, as células são a multiplicação do pastoreio, do ensino, da adoração, da evangelização, do crescimento e do relacionamento, pois, todos recebem cuidados através do líder.

7.A igreja deve ganhar sua geração. Queremos avançar na nossa geração ganhando todas as idades. Esse é o nosso tempo e as células são uma estratégia leve, ágil e feroz. As portas do inferno não prevalecerão.


8.A igreja em células contribui para a restauração da Igreja. Ela restaura fazendo de cada membro um ministro no Corpo de Cristo. Ela restaura os dons. Ela restaura a visão missional.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Dois Fundamentos - Mateus 7:24-27

Sermão 08/03/2015 - TEMA: A Vitória da Cruz!

Mensagem da Semana - Moisés, Arão, Hur e Josué