Sermão 04/10/2015 - Para viver a Reforma de Deus hoje!

Para viver a Reforma de Deus hoje!
II Crônicas 34:1-5; 8; 14-19

Amadas irmãs e amados irmãos, graça e paz. O mês de outubro é muito importante para os cristãos protestantes, pois, no dia 31 comemoraremos a Reforma Protestante promovida por Martinho Lutero em 1517 na Alemanha. Ele consolidou as bases fundamentais da fé cristã protestante: 1.Sola fide (só a fé); 2.Sola gratia (só a graça); 3.Sola Scriptura (só a Escritura); 4.Solo Christus (Somente Cristo); 5.Soli Deo Glori (Só a Deus glória). Para nós, o ano de 2015 tem sido um ano de reformas, pois, este é um ano de transição. Reforma aparece na Bíblia especialmente como reparar e restaurar e significa tornar novo, dar nova forma, reorganizar, renovar, enfim, melhorar. Deus é um Deus de renovo. Nós somos humanos e precisamos constantemente de renovo em nossa vida. Estamos constantemente em reforma. A cada fase da vida, a cada ciclo estamos iniciando como que uma reforma. Quando você termina a faculdade, por exemplo, você se reorganiza para uma nova etapa. Deus nos chama a discernir o momento que estamos vivendo em nossa vida e nos chama para uma reforma.
Quando lemos o texto que retrata a vida do Rei Josias vemos que ele foi um reformador. Ele trouxe em seu tempo reparações, isto é, um retorno para a essência. Deus nos chama para vivermos uma reforma contínua, isto é, uma renovação contínua. Por isso:

1.Tenha posicionamento de reformador (v.2)
O reformador Rei Josias havia se aplicado a ser reto diante de Deus. Seus antecessores fizeram o que era mau perante o Senhor. Porém Josias toma posicionamento. A reforma, o renovo, a restauração, a reorganização, a reparação precisa primeiro nascer no meu coração. Se desejar algo novo de Deus, isso precisa nascer primeiro da minha necessidade de reforma em minha vida. Devo rejeitar o que está comum. Devo me posicionar. Que tipo de posicionamento o Rei Josias teve?
a.Posicionamento de busca a Deus (v.3) – O Rei Josias começou a reinar com oito anos e no oitavo ano do seu reinado, isto é, quando ele tinha dezesseis anos começou a buscar a Deus. Pessoas que experimentam renovo de Deus se posicionam para uma busca de intimidade com Deus. Fazem da busca um estilo de vida. “Buscai, pois, em primeiro lugar, o reino (de Deus) e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33) disse Jesus. É necessário um tempo diário com Deus. Veja Oséias 6:3 e Provérbios 3:5-6. Josias priorizou desde cedo buscar a Deus. A busca é uma prioridade.
b.Posicionamento de radicalidade com o pecado (v.4-5) – O Rei Josias não brincou com o pecado. Ele radicalizou. As expressões que aparecem aqui são purificar, despedaçar, quebrar e reduzir a pó. Não haverá reforma, não haverá algo novo, não haverá reparação se não houver radicalidade com o pecado. A melhor forma de manter o pecado distante da sua vida é focar os seus olhos em Jesus. Vale a pena instruir que as vezes dizemos que “porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço”. Romanos 7:19. Porém, Paulo aqui está se referindo àqueles que vivem na prática da lei, pois, para aqueles que estão em Cristo, “nenhuma condenação há”. Romanos 8:1. Estamos em Cristo, “mortos para o pecado”. Romanos 8:10. Portanto, Romanos 7 não serve como base para justificarmos a fragilidade da nossa natureza, mas para reforçar que a Lei que é boa é incapaz por meus esforços de me santificar. Somos guiados pela Lei do Espírito e pela graça de Deus santificadora somos livres para viver a vida de Deus. Radicalize com o pecado focando sua vida em Jesus. Isso não significa que não pecaremos, mas significa que temos consciência própria de nossa dependência de Deus. O orgulho toma conta do nosso coração muitas vezes. Corremos rapidamente aos pés da cruz. Confesse suas tentações para não ter de confessar seus pecados. Radicalize com o pecado para viver o novo de Deus.
c.Posicionamento de investimento (v.9-10) – Veja que o Rei Josias investiu pesado na restauração, isto é, na reforma. Ele e algumas tribos deram muito dinheiro para a reforma do templo. Portanto, não existe reforma sem investimento pesado. O quanto você investe na sua vida espiritual hoje? Você investe orando, dedicando tempo, participando da Escola de Discípulos, participando da célula, enfim, você paga o preço. Toda reforma tem um custo. Estamos reformando o prédio da igreja e há um custo a ser investido. Para que sua casa fique a “casa dos sonhos”, quando precisará investir? O mesmo na sua vida espiritual, familiar, ministerial, profissional. Toda reforma tem um custo a altura das expectativas. Quem não investe deixa cair em ruínas (v.11)
d.Posicionamento de não andar só (v.8) – Esse trecho me chama muito a atenção. Se você ler a história do pai de Josias, saberá que ele foi morto pelos seus servos (II Crônicas 33:24-25). Josias fez diferente. Há quatro personagens nesta história de extrema confiança de Josias. Safá (braço direito de Josias), Maaséias, governador de Judá (autoridade), Joá (alguém que registra a história) simbolizando que haveria um legado e Hilquias (sumo-sacerdote). As pessoas com quem você anda hoje falam muito a respeito da maneira que você vive e quais são as suas prioridades. Não dá para viver uma vida de renovo contínuo se as pessoas com quem você se relaciona não podem lhe oferecer nada a respeito de uma vida nova ou de algo novo. Quem são os escudeiros de Deus em sua vida? Muitos sucumbem no momento da crise, da dor, dos ciclos da vida porque não tem com quem contar. Posicione-se hoje diante de Deus para não ser um cristão solitário.

2.Busque o arrependimento genuíno (v.19)
O Rei Josias experimentou um profundo e genuíno arrependimento. Creio que a maior carência dos nossos tempos é arrependimento. Arrependimento significa mudança de mente. É muito mais do que uma mudança de comportamento. É uma transformação no coração. A fé em Cristo deve ser acompanhada do arrependimento que rejeita o pecado. O que mais tenho visto são pessoas convencidas de que precisam de Cristo, mas não dão evidências concretas de arrependimento e abandono do pecado. Não voltar a fazer determinada coisa é a essência do mais verdadeiro arrependimento. Precisamos fazer uma auto-análise neste dia de Santa Ceia e pensarmos do que precisamos nos arrepender. Fazermos conforme está escrito em II Crônicas 7:14. Precisamos manter o coração puro da vaidade, do orgulho, da rebeldia, da cobiça. O que mantém o coração puro é uma atitude de arrependimento. Arrepender-nos pela maneira como tratamos nossos filhos. Arrepender-nos pela maneira como falamos dos irmãos. Arrepender-nos se não somos bons funcionários. Arrepender-nos se mentimos. Arrependei-vos disse Jesus. A palavra chave que nos leva a viver efetivamente o poder do Evangelho é ARREPENDIMENTO. O que produz arrependimento e quais são as evidências?
a.Exposição da Palavra (v.18-19) – Sem o livro não temos consciência de nossa condição. Se tem faltado arrependimento é porque tem faltado Palavra. Não me refiro à pregação de domingo, mas ao seu contato diário com ela. Você ouve a Bíblia quando a lê? Deus quer promover uma grande reforma. A reforma é fruto da exposição da Palavra que gera arrependimento.
b.Quebrantamento (v.19;27) – Arrependimento é a lágrima nos olhos da fé. I.Coração enternecido. Enternecido significa amolecido, terno, brando. O contrário é coração empedernido, isto é, endurecido. “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração”. Hebreus 4:7. Deus se derrete diante de um coração amolecido. Se seu coração está endurecido, hoje Deus te chama ao arrependimento. II.Atitude de humilhação/rasgar as vestes. II Crônicas 7:14. Deus só pode avivar, tornar novo, reparar, restaurar, melhorar aquele que se humilha. “Quem a si mesmo se exaltar será humilhado; e quem a si mesmo se humilhar será exaltado.” Mateus 23:12. “Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará.” Tiago 4:10. III.Choro – Arrependimento genuíno mantém os olhos lubrificados para ver a Deus. Jesus disse: “Bem-aventurados os que choram porque serão consolados”. Nossos olhos não podem ficar secos.
A beleza do Evangelho consiste em que para aqueles que verdadeiramente se arrependem encontraram graça da parte de Deus. “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” I João 1:9. Deus quer promover uma grande reforma em nosso meio, em nossa casa, em nossa vida. Hoje é dia de se lançar em seus braços de amor posicionados e arrependidos. Há poder de Deus  para ser derramado sobre nós.
Veja que Deus somente ouve após identificar essas três atitudes relatadas. O que tem lhe faltado para experimentar um poderosa reforma de Deus em sua vida? Deus lhe convida hoje a se aproximar Dele.
O Rei Josias deixou um grande legado. A Bíblia menciona como alguém que não houve semelhante a ele concernente à sua conversão para Deus e não haveria outro depois como ele (II Reis 23:25). Se você quer deixar um legado de alguém que andou com Deus, isso precisa estar acontecendo no presente.


Rodrigo Rodrigues Lima

Pastor

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sermão 08/03/2015 - TEMA: A Vitória da Cruz!

Os Dois Fundamentos - Mateus 7:24-27

Mensagem da Semana - Moisés, Arão, Hur e Josué